segunda-feira, 11 de maio de 2009

Katana versão SP e F




Mais uma amostra para a minha caixinha de artificiais desta fez foi a Qu-On Katana versão SP (Suspending).

Parecem gémeas mas apenas na cor a versão suspending com 13cm pesa 19.5g e a versão Floating pesa menos 2g para os mesmos 13cm, o seu nadar é semelhante mas esta versão SP trás algumas vantagem em relação à sua gémea não apenas no peso que pode fazer ganhar poucos metros no seu lançamento mas sim no trabalhar da amostra que nos abre o leque de opções, devido a ser suspending a sua densidade neutra permite que esta tenha um trabalhar mais natural quando se faz uma paragem na recuperação (stop and go) em vez de vir desenfreadamente para a superfície como acontece com as amostras floating esta vai-se antes manter mais ou menos na mesma camada de água onde estava a trabalhar dando assim ao pescador a hipótese de fazer mais paragens que são do agrado dos peixes.




Outra boa utilização para a mesma SP é o trabalhar nas escoas, quando houver cabeços de pedra ou areia onde se sinta boas escoas na ponteira da cana pode-se deixar ir a amostra na escoa dando a possibilidade ao pescador de passar novamente no local propício a apanhar peixe.

Versão Floating e suspending bem identificada na barriga da amostra

Abraço e a ver se esta cobra peixe como a floating que provou ser uma boa amostra.

7 comentários:

Sargollini disse...

Katana a minha matadora ;)

Não te esqueças de ir lavando as amostras....


Um abração Toni
Sérgio

António Matos disse...

olá companheiro eu gosto mesmo delas com ferrugem :)

tens razão
abraço

FISGOPEIXE disse...

ahahahaahahh, com ou sem ferrugem, é preciso é que apanhem peixe.

Raúl Ribeiro disse...

Nunca gostei do trabalhar desta amostra... a minha SP foi à faca (limei a patilha para ficar recta).... e considero que melhorou muito, tem um hobling mais pronunciado sem afectar a profundidade a que trabalha.

António Matos disse...

Boa noite Fisgo cada vez se torna mais difícil apanhar peixe para alguns :)
abraço

António Matos disse...

Olá Raúl quando tiver uma Katana a perder a cor talvez ganhe coragem para fazer esse trabalho, ou então tenho que ver a tua a trabalhar talvez nos encontremos na légua :).

E no lançamento ficou igual?
uma coisa que noto é que a babete da amostra de origem parece ter uma forma bastante aerodinâmica.
abraço

Sargollini disse...

Amigo Raúl, com o babete cortado talvez funcione melhor para sí mas, acho que os Japoneses já devem ter testado todo o tipo de babetes nas amostras...Para mim funciona muito bem como vem de origem e tanto trabalha em 30cm de água como em 3m ou mais.

Mas gostava de ver o trabalhar da sua amostra tunnada ;)

Cumprimentos
Sérgio